fbpx

Sei que é difícil associar cereais de pequeno-almoço a pequenos-almoços saudáveis para bebés e crianças pequenas, visto que a maior parte dos cereais de pequeno-almoço têm mais de 20% de açúcar (Hello Chocapic, Estrelitas e afins!)

Mas os cereais de pequeno-almoço são uma opção ótima para manhãs mais corridas ou em situações de SOS. E a verdade é que, embora raras, existem boas opções no mercado.



O que procurar nos cereais de pequeno-almoço?

Quando estiver a escolher cereais de pequeno-almoço, procure um que:

  1. Tenha uma lista de ingredientes simples e não muito extensas. Lembre-se que os ingredientes aparecem por ordem decrescente (os primeiros são os que estão em maior quantidade)
  1. Não tenha açúcar na lista de ingredientes ou, se tiver, que tenha uma quantidade pequena de açúcar na tabela nutricional (idealmente menos de 5 gramas e nunca mais de 22,5 gramas)
  1. Seja feito com cereais integrais (trigo integral, aveia, espelta, cevada, millet, quinoa…)

Quais os melhores cereais de pequeno-almoço para bebés e crianças?

Deixo aqui algumas sugestões de cereais de pequno-almoço que encontramos nos supermercados.

1. Espelta expandida biológica da Seara

Sem açúcar adicionado, baixo teor de sal e uma opção barata (menos de 2€). Há outras opções de cereais.

2. Trigo puffs biológicos da Próvida

Sem açúcares adicionados. Também tem várias opções como millet, cevada, espelta, trigo. Têm também uma opção adoçada com mel, que pode ser uma boa opção para crianças que já estão habituadas a cereais doces.

3. Corn Flakes / Cereais de milho biológicos da Próvida.

Sem glúten e por isso uma ótima opção para crianças celíacas ou intolerantes. ao glúten. Também são sem açúcar adicionado e com baixo teor de sal (ao contrário da maior parte dos corn flakes do mercado, incluíndo biológicos).

4. W.K. Kellogg bio cereal integral original.

Estes cereais são 100% trigo integral e muito crocantes. Não têm açúcar adicionado e têm baixo teor de sal também. São mais difíceis de encontrar (costuma haver no El Corte Inglês). Há uma versão de chocolate mas que tem mais açúcar.

5. Weetabix original.

Estes cereais de pequeno-almoço têm açúcar adicionado mas em quantidade pequena (4,4g em 100g) e por isso recebem um A no nutriscore. Tem ainda a super vantagem de ser enriquecido com vitaminas e minerais essenciais com o ferro! Por isso, se tem uma criança que come muito mal, podem ser uma opção fantástica.

6. Cheerios de aveia

Não confundir com os Cheerios originais ou os biológicos, que têm mais de 20% de açúcar. Estes Cheerios de aveia, têm açúcar adicionado mas em quantidade pequena quando comparado com a maioria dos cereais de pequeno-almoço (9g em 100g). Também é enriquecido com vitaminas e minerais como o ferro. São muito saborosos e por isso também uma ótima opção para crianças muito selectivas ou que comam mal. Há ainda a opção com maçã e canela.

7. Crunchy Espelta da Origens Kids

Estes são os cereais com maior quantidade de açúcar da lista (12,6g), mas foi a melhor opção com chocolate que encontrei no mercado. São adoçados com geleia de coco. Têm baixo teor de sal. A Origens também tem uma opção apenas com espelta.

Algumas considerações

Evite oferecer cereais a bebés com menos de 12 meses. Alguns podem representar risco de engasgo, outros têm açúcar e outros até sal. Nesta fase, uma boa opção é fazer granola caseira, triturá-la e misturar à papa ou iogurte do bebé.

Evite opções com açúcar para bebés com menos de 2 anos. Nesta idade. o melhor é optar pelos puffs ou mesmo a granola caseira. Veja mais sobre a importância de não oferecer açúcar nos primeiros 2 anos de vida de um bebé neste artigo.

Varie sempre que possível o pequeno-almoço! Pão, panquecas, iogurte, fruta, queijo, ovos mexidos, abacate, vegetais e até batidos para manhãs mais corridas são uma boa opção!

Nem tudo o que é biológico, “natural”, “saudável” é realmente saudável! Vejam sempre a lista de ingredientes e a tabela nutricional. Ser adoçado com geleia de arroz mas ter 30g de açúcar não faz dos cereais saudáveis!

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

%d bloggers like this: