fbpx

Sinais de prontidão

Se está ou vai começar a fazer a introdução da alimentação complementar do seu bebé, seguramente já deve ter ouvido falar em sinais de prontidão. Sabe o que é?

A recomendação atual1 é que os bebés saudáveis e nascidos a termo comecem a comer alimentos sólidos (a introdução da alimentação complementar ou diversificação alimentar) aos 6 meses de idade.  

Esta é a nova recomendação porque é por volta desta idade que o bebé começa a mostrar sinais que indicam que está pronto para comer. Esses sinais surgem em média por volta dos 6 meses. Isto significa que alguns bebés vão mostrar sinais um pouco antes, outros um pouco depois.

 É nesta fase também que o sistema digestivo (especialmente o intestino) estão prontos para receber outros alimentos sólidos (além do leite materno ou fórmula).

E é por isso que esperamos sempre até aos 6 meses para iniciar a introdução da alimentação complementar. Estes são os sinais de prontidão:

  • O bebé consegue sentar sem apoio
  • O bebé consegue segurar o pescoço (a cabeça não cai para a frente)
  • O bebé tem uma boa coordenação olhos-mãos-boca. Significa que ele vê um objecto, consegue agarrá-lo com a mão e levá-lo à boca
  • O reflexo de protrusão da língua diminuído
  • O bebé mostra interesse pelo alimento dos adultos

Além disso, o bebé completou os 6 meses. A ideia de esperar pelos seis meses prende-se com o facto do sistema digestivo do bebé ter de estar pronto para receber comida além do leite materno ou fórmula e isso acontece normalmente por volta dos 6 meses.

Uma nota sobre o reflexo de protrusão da língua: este é o reflexo de pôr a língua para fora e é o que ajuda os bebés a mamarem. Repare no seu bebé a amamentar e veja o movimento da língua. Este reflexo faz com que os bebés muitas vezes cuspam a comida no início da introdução da alimentação complementar (não é o facto de não gostarem). 

Notas:

1 DGS, WHO, American Association of Pediatrics, Health Canada.

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

Leave a Reply

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo
Follow by Email
%d bloggers like this: