fbpx

Neste artigo falamos sobre o pequeno-almoço na alimentação do bebé: quando introduzir, o que oferecer e dicas para bebés ou crianças que não aceitam comer.

Quando introduzir o pequeno-almoço

A partir dos 12 meses, o bebé deve começar a comer ao pequeno-almoço, caso ainda não o faça. Antes disso, não existe uma idade definida para começar a oferecer o pequeno-almoço ao bebé.

De acordo a Organização Mundial da Saúde, um bebé deve fazer o seguinte número de refeições:

  • 6 aos 8 meses: 2 a 3 refeições por dia
  • 9 aos 11 meses: 3 a 4 refeições por dia
  • 12 a 24 meses: 3 a 4 refeições por dia e 1 a 2 snacks por dia

Ou seja, o pequeno-almoço pode ser uma das refeições introduzidas desde os 6-7 meses. Vai depender na verdade, da rotina da família. Como a maioria dos bebés vai para a creche, os pais optam por introduzir o lanche e continuam a oferecer o leite do bebé de manhã.

A importância do pequeno-almoço

O pequeno-almoço é uma refeição muito importante por isso, mais do que quantidades nesta fase, é criar o hábito de comer pela manhã. Se a família não tiver esse hábito, podem começar a comer juntamente com o bebé.

Uma revisão sistemática de 2010 sugere que saltar o pequeno-almoço está associado a um risco acrescido de desenvolvimento de sobre-peso ou obesidade em crianças europeias.

Outro estudo em crianças adolescentes, mostrou que não comer o pequeno-almoço está associado a falta de atenção e redução de memória visual.

DICA

Uma coisa que fiz com os meus dois filhos e que recomendo sempre é sentar o bebé à mesa com a família no pequeno-almoço desde o início da introdução alimentar.
Experimente sentar o bebé na cadeira e oferecer um alimento para ela ou ele explorar enquanto a família come. Pode ser uma fruta madura e macia como uma fatia de papaia ou banana, meia maçã cozida, abacate esmagado.

Um pequeno-almoço completo

Segundo o guia da alimentação infantil saudável da DGS, um pequeno-almoço completo para o bebé ou criança deve conter 3 grupos da Roda dos Alimentos:

  • Cereais e derivados (de preferência integrais, o menos processado possível e sem aditivos)
  • Lacticínios (leite materno, leite de vaca gordo, iogurte natural, queijos com baixo teor de sal, bebida vegetal fortificada*)
  • Frutas e ou vegetais (fruta fresca e da época em cortes seguros

Para dar nutrientes extra ao pequeno-almoço do bebé ou criança pode ainda incluir oleaginosas (em forma de manteiga ou trituradas), sementes (trituradas ou em forma de pasta), leguminosas ou ovo.

5 ideias de pequeno-almoço para bebés a partir de 1 ano

Pão com ricotta e sementes de sésamo trituradas e dióspiro em pedaços

Papa de aveia com leite materno, pera, canela, manteiga de caju e sementes de cânhamo. Receita aqui.

Panquecas com manteiga de amendoim, iogurte natural e kiwi

Papa adormecida de aveia, chia e bebida vegetal fortificada com banana e manteiga de amendoim. Receitas aqui.

Iogurte natural com manteiga de amêndoas, farinha de linhaça, puffs de cevada e papaia

Fontes:

Szajewska, Hania, Ruszczyński, Marek. Review Demonstrating that Breakfast Consumption Influences Body Weight Outcomes in Children and Adolescents in Europe. Critical Reviews in Food Science and Nutrition Volume 50, 2010 – Issue 2. doi.org/10.1080/10408390903467514.

Maffeis C, Fornari E, Surano MG, Comencini E, Corradi M, Tommasi M, Fasan I, Cortese S. Breakfast skipping in prepubertal obese children: hormonal, metabolic and cognitive consequences. Eur J Clin Nutr. 2012 Mar;66(3):314-21. doi: 10.1038/ejcn.2011.206. Epub 2012 Jan 11. PMID: 22234046.

Direção Geral da Saúde. Alimentação Saudável dos 0 aos 6 anos. Linhas de Orientação para Profissionais e Educadores. 2019.

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

%d bloggers like this: