fbpx

Ementa Semanal: #2 / 2021

Olá! Com este frio, esta semana só conseguia pensar em pratos quentes, de forno e tacho. E que bem que sabem, porque normalmente ficam muito bons até no dia seguinte.

A ementa desta semana (semana número 2 de 2021) já está disponível para download – só precisa salvar a imagem. Como as das semanas anteriores tem pequenos-almoços, almoços, lanches e jantares de segunda a sexta.

Ir para ementa.

Os links para as receitas estão todos no final deste artigo. Algumas ainda não têm link, porque não estão no blog. Nesse caso deixo uma explicação simples. Esta ementa é feita para toda a família (pai, mãe e bebé de 2 anos). Comemos todos o mesmo desde que ela tem 9 meses. Qualquer adaptação que tenha de ser feita para bebés com menos de 12 meses, deixo uma nota em baixo.

Esta ementa é a ementa de toda a família cá em casa. Um bebé de 1 ano normalmente já pode (e deve!) comer a mesma comida que toda a família e por isso estas ementas são aptas para bebés a partir dessa idade. E é importante também saber que, se a família tiver uma alimentação saudável, é possível o bebé fazer parte das refeições da família logo a partir dos 6 meses. Só são precisas adaptações maiores.

Lembrando que a ideia destas ementas é servirem de inspiração. Pode sempre adaptar à sua família.

Notas sobre o planeamento desta semana

Nestes dias de confinamento tenho cozinhado mais durante a semana. E é verdade que a maior parte da comida sabe melhor feita na hora, mas cozinhar mais vezes também faz-me perder muito mais tempo na cozinha, especialmente com a parte de limpar tudo o que fica sujo. 

Cozinhar várias coisas de uma vez permite mesmo maximizar o uso de panelas e ingredientes de forma a ter o trabalho só uma vez.

Notas sobre o planeamento desta semana

Algumas coisas desta ementa conseguem ser cozinhadas no fim-de-semana (ou antecipadamente) e esta é uma das razões pela qual adoro hambúrgueres e croquetes porque congelam super bem e dão uma refeição muito rápida durante a semana. Também são uma ótima opção para a marmita ou lancheira escolar.

O que vou cozinhar no domingo:

A sopa de beterraba.

O feijão preto.

A quinoa.

Cozer o grão para a feijoada de quarta.

Faço também o pequeno-almoço de segunda-feira: overnight oats são um pequeno-almoço fantástico, especialmente para quem tem pouco tempo de manhã.

Não vou fazer os muffins no domingo, porque estou com a minha filha em casa e preciso de algo para entrete-la durante a semana, mas poderiam facilmente ser feitos e congelados. No dia é só deixar descongelar no frigorífico ou descongelá-lo no forno ou micro-ondas.

Outras coisas que podem fazer para facilitar a semana:

O molho pesto

Deixar a cenoura para a feijoada cortada e congelada. Picar a cebola e alho para o peru, feijoada e ou deixar no frigorífico com azeite ou congelar. 

Também dá para fazer o arroz e congelar.

Não aconselho a congelar a curgete para a sopa porque a curgete é um dos alimentos que não congela bem por ter muita água.

Dicas para ter menos trabalho a cozinhar

No domingo cozo a sopa na panela de pressão (aberta). Depois na mesma panela e sem lavar, cozo o feijão na pressão (5 minutos), depois retiro o feijão e cozo a quinoa no caldo do feijão. Por fim, cozo o grão na mesma panela, sem nunca a lavar entre o cozimento dos alimentos porque não há necessidade.

Se fizer o molho pesto, pode aproveitar a mesma varinha mágica ou triturado que usou para triturar a sopa.

O pequeno-almoço e os lanches

Esta semana temos muffins para o lanche da tarde, além de smoothies. Estou a tentar incluir mais vegetais no lanche da minha filha, uma vez que os 2 anos trouxeram alguns episódios de seletividade. Também vamos fazer as panquecas de banana para o pequeno almoço, desta vez recheadas com framboesas.

O lanche da manhã é sempre fruta como sempre. Se ela tiver comido pouco ao pequeno-almoço também adiciono um queijo Babybel ou frutos secos (que corto em pedaços pequenos porque os frutos secos representam risco de asfixia até aos 4 anos).

Os fins-de-semana

Este fim-de-semana fizemos dois pratos deliciosos: rámen com noodles de trigo sarraceno, cogumelos, ovo e tofu e caril de pato. O rámen ofereci pela primeira vez como comemos, e agora ela já começa a conseguir comer, mas é um prato muito desafiante para bebés. O meu censelho é servir num prato com os ingredientes todos separados: a massa, o ovo, os cogumelos e o tofu. Todos separados e todos identificáveis. Pode servir o caldo separadamente para o bebé comer com uma colher caso queira. O caril estava delicioso mas era muito picante. Então fiz o dela à parte com tomate, algumas especiarias e leite de coco.

Ementa da semana # 2 / 2021 (de 18 a 22 de Janeiro):

Na ementa desta semana temos (com links para as receitas):

Hambúrguer de quinoa e feijão

Este hambúrguer é uma refeição completa por si só: leva quinoa, feijão, pimentos, cenoura, aveia. São uma ótima refeição para toda a família e podem ser oferecidos para bebés a partir dos 6 meses.

São uma ótima forma de oferecer as leguminosas e a quinoa para bebés em fase inicial de introdução da alimentação complementar (menos de 12 meses). Permite que os bebés consigam agarrar e levar à boca e são muito macios por dentro.

Perna de perú e cuscus

A perna de perú cozi na panela de pressão durante meia hora com especiarias (uma mistura de páprica defumada, páprica doce, cominhos, louro, sal e pimenta). Depois, retirei da panela, pincelei com uma mistura de azeite, páprica doce, orégãos e um pouco de xarope de ácer (+24 meses) e assei-a por 15 minutos.

Acompanhei com cuscus marroquino, uma receita que adoramos cá em casa. Na segunda acompanha com brócolos assados: corto em floretes médios/pequenos, tempero com azeite e asso-os durante 20 minutos a 170 graus.

Como os brócolos assados não ficam bons de um dia para o outro, optei por acompanhar o jantar de terça com salada de canónegos, tomate e milho.

Para bebés a partir dos 6 meses: Servir os brócolos cozidos e pode experimentar fazer um hambúrguer ou croquete com o cuscus e o peru: triture os dois juntamente com um pouco de cebola, azeite e linhaça; depois passe pela linhaça e leve ao forno.

Croquetes de millet e massa com pesto

Faço este prato com muita frequência por ser delicioso e fácil de fazer. Aproveito sempre e faço croquetes e pesto a mais e congelo, assim tenho uma refeição quase completa pronta no congelador.

Para bebés com menos de 1 ano: O bebé pode consumir este prato exatamente como os adultos. Faça croquetes menores para o bebé e sem sal. Opte por massas largas como rigatoni, penne ou fusilli. Se o bebé não tiver sido introduzido aos frutos secos ainda, faça um pesto para ele sem os frutos secos.

Feijoada de grão com entrecosto e sem enchidos – em breve no blog

Esta receita leva entrecosto, cenoura, molho de tomate e vegetais, grão e couve lombarda. Acompanha com arroz integral.

Para bebés com menos de 1 ano, servir o grão amassado com um garfo (eles representam risco de engasgo), palitos de cenoura cozida ou cenoura esmagada. Em relação ao entrecosto há duas formas: com o pesto ou o pesto de ervilhas à parte e numa colher e a curgete cozida ou grelhada e cortada em tiras da largura de um dedo. A curgete tem de estar macia o suficiente para conseguir esmagá-la com a ponta dos dedos. Quando o bebé começar a fazer a pinça fina, já pode cortar a cortar a curgete em pedaços pequenos (ela continua a precisar de estar macia)

Croquetes de peixe e millet, arroz integral com sementes e salada

Faço o falafel como explico nesta receita, mas junto espinafres na trituradora para fazer massa. Sirvo com húmus e quinoa salteada com furtos secos (uma versão deste cuscus marroquino)

Estes croquetes não precisam de adaptação para bebés com menos de 12 meses (apenas no sal) e são na verdade um excelente alimento para bebés pequenos porque eles consegue facilmente agarrar e levar à boca

Peixe grelhado e risoto de limão – receita em breve

Um risoto delicioso que combina muito bem com peixe.

Sopa de beterraba

Esta sopa é uma favorita cá em casa. Tem gosto suave de beterraba. Nesta versão inclui uma curgete na receita.

Sopa de curgete

Nesta versão vou substituir os espinafres por brócolos.

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

Leave a Reply

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo
Follow by Email
%d bloggers like this: