fbpx

Ementa Semanal: #49

A ementa desta semana (semana número 49 de 2020) já está disponível para download. Como a da semana passada tem pequenos-almoços, almoços, lanches e jantares de segunda a sexta.

Ir para ementa.

Esta semana apostei em muitas receitas com vegetais escondidos. A Madalena tem os dentes a nascer e tem estado a comer mal há já uma semana. Quando ela passa por essas fases de selectividade vario entre receitas com vegetais escondidos e vegetais no prato separados para garantir que ela continua a ver os vegetais e verduras.

Os links para as receitas estão todos no final deste artigo. Esta ementa é feita para toda a família (pai, mãe e bebé de 2 anos). Comemos todos o mesmo desde que ela tem 9 meses. Qualquer adaptação que tenha de ser feita para bebés com menos de 12 meses, deixo uma nota em baixo.

Esta ementa é a ementa de toda a família cá em casa – pais e bebé de 2 anos. Um bebé de 1 ano normalmente já pode (e deve!) comer a mesma comida que toda a família e por isso estas ementas são aptas para bebés a partir dessa idade. Lembrando que a ideia destas ementas é servirem de inspiração. Pode sempre adaptar à vossa família.

Notas sobre o planeamento desta semana

Como sempre vou fazer algumas coisas a mais para congelar. Também pensei na ementa para maximizar o uso de alguns ingredientes e fiz duas receitas 2 em 1:

Millet refogado com vegetais e croquetes de millet

Feijão preto e hambúrgueres de feijão preto e quinoa.

Depois, como vou cozer quinoa para fazer apenas os hambúrgueres, cozo a mais e congelo para poder usar na próxima semana.

O que vou cozinhar no domingo:

Sopa de couve coração

Couve refogada

Millet

Croquetes de millet (que vão ser congelados)

Peixinhos da horta

Quinoa (congelo uma parte)

Feijão (faço 500g; uma parte para o feijão da semana, outra para os hambúrgueres, outra congelo)

Arroz

Hambúrguer de feijão e quinoa (congelar)

Pesto (congelar em molde de gelo)

Também vou cozer a mandioca e deixar guardada no frigorífico num recipiente com tampa.

Vou lavar e cortar os brócolos e guardá-lo no frigorífico.

Como me organizo na cozinha para ter menos trabalho

Na panela de pressão (sem tampa), cozo o feijão verde. Depois cozo a mandioca sem ter de lavar a panela. Depois faço a sopa.

Na mesma panela, sem precisar lavar novamente, faço o feijão. Adiciono a cebola, alho, folhas de louro e refogo tudo em azeite. Adiciono o feijão, água e cozo.

Noutra panela cozo o millet, depois o arroz e depois a quinoa sem lavar entre o cozimento de cada um.

Passo essa panela ligeiramente por água e faço a couve refogada com alho.

Enquanto a sopa coze, faço os peixinhos da horta e os croquetes de millet. Não os asso no dia porque vou congelá-los e é melhor congelar e só levar ao forno no dia.

Depois na mesma trituradora que fiz os croquetes faço o pesto. Também não é preciso lavar. Pode passar por água ou passar um papel toalha.

O pequeno-almoço e os lanches

Esta semana vamos varias um pouco o pequeno-almoço para ver se ela come melhor. Fiz o crumble no sábado e ela adorou (talvez a maçã cozida seja melhor por causa dos dentes).

O lanche da manhã é sempre fruta como sempre. Se ela tiver comido pouco ao pequeno-almoço também adiciono um queijo Babybel ou frutos secos (que corto em pedaços pequenos).

Os fins-de-semana

Não planeio fins-de-semana porque como tenho mais tempo, gosto de deixa-los em aberto. Sábados são dias normalmente que ou pedimos comida ou eu faço receitas mais complexas e com sabores diferentes para ela poder ser exposta também a sabores que não está habituada a comer. Esta semana comemos noodles com almôndegas asiáticas que levam molho de peixe, gengibre, vinagre de arroz, soja.

Ementa da semana # 49 (de 30 a 4 de ):

Na ementa desta semana temos (com links para as receitas):

Peixinhos da horta com millet e cogumelos

O millet é cozido num rácio de 1 chávena para 2 de água e depois misturo com abóbora assada com cebola e alho francês. Os cogumelos são cortados em fatias finas temperados com miso, refogados no azeite com alho e depois servidos com coentros.

A receita dos peixinhos da horta está aqui. E a receita do millet está aqui.

Feijão com arroz, couve e frango

Faço o feijão que está no Guia das leguminosas. Refogo alho, cebola e folhas de louro na panela de pressão, adiciono 500g de feijão previamente demolhados, água com 2 dedos acima e cozo durante 5 minutos. Se necessário deixo cozer mais tempo com a tampa aberta para o caldo ficar cremoso.

O arroz é demolhado e cozido normalmente. Depois adiciono sementes para servir (sésamo, abóbora e girassol)

A couve é cortada para caldo verde e refogada com alho.

O frango é temperado com sal, cúrcuma e pimenta preta e grelhado.

Croquetes de millet com massa com pesto e salada de tomate.

Estes croquetes são deliciosos e são o meu novo vício. E como todos os croquetes de vegetais congelam super bem por isso são ótimos para ter no congelador.

Uso penne integral como massa esta semana e faço com molho pesto que vou deixar no congelador. A salada de tomate é simples e temperada apenas com azeite e limão.

Carne estufada com mandioca assada e brócolos com alho

Esta receita vai estar em breve no blog, mas basicamente cozo carne própria para estufar em água, molho de tomate, cebola, cenoura, folhas de louro, alho, talos de coentros e um pouco de molho de soja, numa panela de pressão durante 45 minutos.

A mandioca cozo em água sem sal e depois asso no forno a 180 graus até ficar dourada (vou virando a cada 10/15 minutos)

Os brócolos cozo e depois refogo em azeite e alho picado durante alguns minutos.

Grão refogado com alho francês, couve-flor assada, ovo cozido

O grão já estava congelada da semana passada. Retiro-o no dia e faço um refogado com alho francês para misturar.

A couve-flor: grelho-a numa frigideira própria para ir ao forno. Quando estiver com cor, adiciono um pouco de água à panela e fecho a tampa. Quando a água tiver evaporado levo ao forno para ganhar um pouco mais de cor. Depois sirvo com salsa picada e molho de castanhas de caju (triturar 1 medida de castanhas demolhadas em água a ferver, 1/2 medida de água, sumo de limao, alho em pó, cúrcuma, sal e pimenta).

Hambúrguer de feijão preto e quinoa com batatas doce “fritas”

Este foi o hambúrguer que me fez ter muita dificuldade de comer hambúrgueres vegetais fora de casa porque ele não só tem uma consistência fantástica (ao contrário da maior parte dos hambúrgueres que tem consistência de puré) como é delicioso também.

Sirvo com pão brioche de alfarroba da Gleba e batatas doce em palitos assadas no forno.

Sopa de couve coração

Deliciosa e muito reconfortante para o estômago. A couve coração dá um sabor surpreendente à sopa.

Sopa de ervilhas

Tenho sempre ervilhas no congelador e está sopa é ótima para fazer durante a semana porque leva poucos ingredientes e é muito fácil de fazer.

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

Leave a Reply

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo
Follow by Email
%d bloggers like this: