fbpx

Ementa Semanal: #50

A ementa desta semana (semana número 50 de 2020) já está disponível para download. Como a da semana passada tem pequenos-almoços, almoços, lanches e jantares de segunda a sexta.

Ir para ementa.

Esta semana vou aproveitar e usar muita coisa que tenho no congelador para não acumular. Como é um fim-de-semana prolongado e vamos estar confinados de qualquer forma, decidi não cozinhar tudo no domingo e apostei em pratos que precisam ser feitos no dia. O facto de ter muita coisa congelada dá-me mais tempo para isso.

Os links para as receitas estão todos no final deste artigo. Esta ementa é feita para toda a família (pai, mãe e bebé de 2 anos). Comemos todos o mesmo desde que ela tem 9 meses. Qualquer adaptação que tenha de ser feita para bebés com menos de 12 meses, deixo uma nota em baixo.

Esta ementa é a ementa de toda a família cá em casa. Um bebé de 1 ano normalmente já pode (e deve!) comer a mesma comida que toda a família e por isso estas ementas são aptas para bebés a partir dessa idade. Lembrando que a ideia destas ementas é servirem de inspiração. Pode sempre adaptar à vossa família.

Notas sobre o planeamento desta semana

Como sempre a ideia é maximizar o uso de ingredientes e usar coisas que fiz na semana ou semanas anteriores (está semana vou usar muita coisa congelada e aproveitar e limpar um pouco o congelador:

A quinoa estava congelada da semana passada.

O feijão estava congelado também em recipientes separados por isso vou conseguir usar em dias diferentes.

As lentilhas estavam congeladas há duas semanas. Não costumo usar molho de tomate no recheio das empadas, mas não justificaria fazer lentilhas com lentilhas congeladas.

Como esta semana tem um feriado e uma ponte, permite-me variar um pouco mais nesses dois dias, também vou dividir o cozinhar entre segunda e terça.

O que vou cozinhar na segunda-feira:

Bacalhau à brás: O bacalhau à brás é um prato que só fica bom na hora, então nunca repetimos e nunca faço para levar em marmitas.

Sopa de couve-flor

Assar o pernil com a o feijão verde e milho (este é mais fácil porque deixo a assar sem ter de ficar na cozinha)

Fazer o ketchup de beterraba (receita em breve no blog)

O que vou cozinhar na terça-feira:

Assar as batatas doce e chips de kale

Fazer as empadas de lentilha (é só fazer a massa porque as lentilhas já estão prontas)

Fazer o arroz.

Como me organizo na cozinha para ter menos trabalho

Esta semana vou usar muita coisa congelada e isso ajuda muito a ter bem menos trabalho na cozinha. Normalmente duplicar uma receita não dá assim tanto trabalho a mais, mas poupa-se imenso trabalho nas semanas seguintes.

Esta semana também vou usar mais o forno. O forno é ótimo porque dá para fazer muita coisa sem sujar muitos utensílios e ainda consigo fazer outras coisas. Sempre que uso o forno, tento sempre fazer o máximo que conseguir ao mesmo tempo.

Como vou fazer o bolo de banana, aproveito e faço os pães de batata e asso tudo ao mesmo tempo que assar a batata palha. No dia que fizer o pernil, aproveito e asso as beterrabas para fazer o ketchup.

No dia seguinte, asso a batata e os chips de kale.

Na panela, faço a papa de arroz e logo em seguido o arroz para quarta-feira.

A única coisa que deixo para fazer durante a semana é a sopa de feijão verde e o frango. Faço a sopa numa panela e depois grelho os pedaços de frango na mesma panela.

O pequeno-almoço e os lanches

Esta semana temos pães caseiros para o pequeno-almoço e bolo sem açúcar para o lanche. Vou duplicar a receita de bolo, fazer metade dela em formas de muffins e experimentar congelar os muffins pela primeira vez. Se ficarem bons congelados dão um ótimo lanche com pouquíssimo trabalho. A papa de arroz com manga é uma receita de teste ainda que estou a fazer para a sobremesa dos mais pequenos no Natal. É uma versão sem açúcar de um arroz doce.

O lanche da manhã é sempre fruta como sempre. Se ela tiver comido pouco ao pequeno-almoço também adiciono um queijo Babybel ou frutos secos (que corto em pedaços pequenos).

Os fins-de-semana

Este fim-de-semana vamos fazer caril de abóbora vegan com pão Naam caseiro. Em breve partilho a receita no blog.

Ementa da semana # 50 (de 7 a 11 de Dezembro):

Na ementa desta semana temos (com links para as receitas):

Bacalhau à brás

Este bacalhau é feito com batatas palha no forno e por isso uma ótima opção para bebés a partir de 1 ano. Uso um robot de cozinha para ralar a batata e depois ainda corto os palitos em 2 ou 3 para ficarem pequenos.

Para bebés com menos de 1 ano, oferecer o ovo e a batata separadamente. Acompanhar com alguma coisa com cor, para não ficar um prato todo da mesma cor, como salmão, beterraba, tomate.

Pernil assado com maçaroca de milho, feijão verde e quinoa crocante

Asso o pernil, com a maçaroca e o feijão verde com um pouco de água em forno lento. A quinoa já estava cozida, para ficar crocante, espalho a quinoa numa assadeira e asso durante 15 a 20 minutos.

A maçaroca do bebé precisar levar cortes na vertical no meio dos grãos de milho (a ideia é modificar o formato do milho para não representar risco de asfixia). Para bebés com menos de 1 ano, não asse a quinoa, e faça bolinhas de quinoa e batata doce por exemplo para o bebé agarrar e levar à boca.

Batata doce assada, feijão preto, quinoa crocante e guacamole

Faço alguns furos com um garfo na batata doce e asso-as inteiras no forno. Depois faço um corte ao comprido e recheio com o feijão preto, a quinoa (que também é assada por alguns minutos) e o guacamole por cima.

Para bebés com menos de 1 ano, amassar o feijão preto com um garfo e misturar à quinoa cozida (não levar ao forno).

Sandes de pernil com ketchup de beterraba e chips de kale

Os chips de kale faço como explico nesta receita. São muito fáceis de fazer e deliciosos (até as crianças mais difíceis de comer costumar gostar porque são super crocantes e saborosos), mas é preciso seguir o passo-a-passo.

O ketchup de beterraba é caseiro e feito com uma parte tomate e outra beterraba. A receita em breve no site. Mas todo o ketchup leva açúcar, então para bebés com menos de 2 anos, aconselho a fazer um húmus de beterraba para barrar no pão.

Para bebés com menos de 1 ano: oferecer o pernil com tiras de beterraba assada da largura de 1 dedo (a beterraba tem de estar macia o suficiente para conseguir desfazer quando a pressionar entre o céu da boca e a língua) e kale cozida, picada e refogada com alho. Se tiver sobrado quinoa e feijão ou outro grão ou leguminosa, pode fazer hambúrgueres de quinoa e feijão com kale picada no meio. Chips de kale antes dos 12 meses podem deixar o bebé muito aflito porque as folhas desfazem-se e podem ficar presas na garganta.

Empada de lentilhas com salada

As lentilhas estavam congeladas de há duas semanas. Fiz esta receita de bolonhesa de lentilhas, mas retirei o tofu e adicionei um pouco mais de vegetais (além de cogumelos).

A receita da massa de empada integral pode encontrar neste artigo (dou ainda receita de 4 recheios diferentes), e é feita apenas com farinha de espelta integral, água e azeite.

Para bebés com menos de 1 ano fazer mini-hambúrgueres de lentilhas, triturando as lentilhas e juntando batata ou batata doce e farinha.

Arroz integral com cebola e sementes, frango com cúrcuma e molho de iogurte

Deixo o arroz de molho em água por pelo menos 4horas. Depois cozo com 3x água. Depois numa frigideira grelho por poucos minutos uma mistura de sementes (sementes de abóbora, sementes de girassol e sésamo), retiro e grelho cebola em azeite até ficar crocante. E sirvo o arroz com a cebola por cima e a mistura de sementes.

Frango com cúrcuma: tempero os peitos de frango com azeite, sal, pimenta preta e cúrcuma (espalho bem em todo o frango), depois grelho os peitos de frango dos dois lados e levo ao forno por 20 minutos para cozer por dentro.

Para o molho de iogurte, misturo um iogurte com alho picado, salsa picada, uma colher de chá de sumo de limão, sal e pimenta.

Para bebés com menos de 1 ano: Cozer bem o arroz e fazer bolinhas ou em formato de croquetes e oferecer o frango separadamente.

Massa com molho de abacate espinafres e tofu panado

Esta semana vamos comer penne integral (de farinha de trigo) com molho de abacate e espinafres. O abacate é uma ótima forma de esconder verduras, e recentemente temos uma bebé muito selectiva com verdes escuros. Esta é uma forma de garantir que ela come. O tofu panado é muito fácil. Deixo a marinar durante a noite depois seco bem com um papel toalha, passo na farinha de milho e grelho em azeite. Pode ver mais sobre como cozinhar tofu neste artigo.

Para bebés com menos de 1 ano: Corte o tofu em tiras que o bebé consiga agarrar com a mão e grelhe em vez de panar para bebés com menos de 9 meses. A massa não precisa de adaptação, apenas opte por massas mais largas tipo rigatoni, coza a massa sem sal deixe a massa do bebé cozer um pouco mais e ofereça com a massa com o molho.

Burritos de frango, feijão preto e guacamole

O frango é o mesmo que o do jantar de quarta-feira. Apenas corto em pedaços pequenos, tempero com pimentão doce, páprica defumada, cominhos e coentros em pó e aqueço na frigideira com um pouco de azeite. O feijão estava congelado e eu trituro-o com um pouco de água, cominhos, pimenta, limão. A receita do guacamole está aqui.

Para bebés com menos de 1 ano: ofereça o frango, o feijão esmagado com um garfo e o guacamole. Para crianças pequenas, faça burritos bem pequenos (do tamanho de um dedo indicador) que a criança consiga agarrar com facilidade ou ofereça um burrito desconstruído (tortilhas de lado e o recheio no prato).

Sopa de couve-flor

Esta sopa é deliciosa e muito fácil de fazer. A receita é muito recente e faz muito sucesso cá em casa. Pode encontrá-la aqui.

Sopa de feijão-verde

Faço um creme de legumes com cebola, alho francês, chuchu, cenoura e abóbora e depois adiciono o feijão verde picado.

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

Leave a Reply

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo
Follow by Email
%d bloggers like this: