fbpx

Este artigo faz parte do Glossário de Alimentos de A a Z.

Embora seja um alimento muito popular no início da introdução alimentar, a cenoura é provavelmente um dos alimentos mais difíceis de oferecer em BLW. A queixa principal das mães e pais: nunca parece que fica cozida o suficiente.

A cenoura é rica em vários nutrientes, como biotina, vitamina B6, vitamina K e potássio. Mas o maior benefício das cenouras é que elas são uma das melhores fontes de beta-caroteno, que o corpo converte em vitamina A, tão importante para o desenvolvimento e saúde ocular e para o sistema imunitário.

De acordo com a OMS, a deficiência de vitaminas são geralmente raras em bebés amamentados exclusivamente, mas quando as mães têm dietas deficientes, os seus bebés podem ter baixa ingestão de certas vitaminas (como a vitamina A, riboflavina, vitamina B6 e vitamina B12). Então a partir do momento em que iniciamos a alimentação complementar é bom incluirmos boas fontes de vitamina A.

Percentagem das necessidades diárias que podem ser atingidas com o leite materno entre 12-23 meses.

Atenção: Cenouras que são cultivadas em terrenos contaminados com metais pesados ou irrigados com água contaminada podem ter níveis elevados de metais pesados também. Por isso, como tudo na alimentação complementar, varie!

A partir de que idade pode oferecer: + 6 meses ou quando o bebé já tiver todos os sinais de prontidão. Mas com moderação por causa da quantidade de sal.

Pode causar alergia: Não, a alergia à cenoura é rara. No entanto, se o bebé tiver síndrome de alergia oral, pode reagir à cenoura crua.

Representa risco de engasgo: Sim, a cenoura crua representa risco elevado de engasgo. Para reduzir o risco, coza a cenoura até estar macia o suficiente para conseguir amassar com a ponta dos dedos.

Veja mais sobre os cortes e texturas dos alimentos neste artigo.

Como oferecer a cenoura

BLW:

A cenoura representa risco de engasgo crua, ou mesmo cozinhada se não estiver macia o suficiente.

Retire a casca de uma cenoura grande e coza-a durante 25-30 minutos. Faça o teste o garfo antes de retirar a cenoura da água: se o garfo passar com facilidade, a cenoura está cozida. Depois corte no tamanho com o qual se sentir mais confortável:

  • Pode cortar a cenoura na vertical em pedaços largos e compridos (aproxidamente um quartod e uma cenoura grande)
  • Pode também cortar a cenoura em palitos da largura de um dedo adulto

Alternativamente, pode cozer bem a cenoura e amassar com um garfo em puré. Ofereça o puré numa colher para incentivar o bebé a alimentar-se sozinho. As colheres da NumNum são ótimas para esta fase inicial da introdução da alimentação complementar.

Quando o bebé fizer a pinça fina, pode começar a cortar a cenoura cozida ou assada em pedaços pequenos. Continue a garantir que a cenoura está bem cozida.

Dica: acrescente especiarias antes de assar a cenoura. Algumas ideias: cominhos, pimentão doce, curcuma, canela.

Continue a não oferecer cenoura crua mesmo depois dos 12 meses porque continua a representar risco de engasgo – a não ser que seja ralada. Mais próximo dos 2 anos, dependendo sempre do bebé, pode começar a introduzir palitos de cenoura crua. Cá em casa, introduzimos a cenoura crua com palitos finos de cenoura com húmus.

Introdução convencional:

A cenoura pode ser oferecida em puré: apenas cenoura, com um pouco de gengibre ou misturada com outro vegetal. Alternativamente, pode sempre incluir cenoura nas sopas. Não use a cenoura em todas as sopas, nem com o objetivo de tornar a sopa mais doce, uma vez que é muito importante que o bebé experimente outros sabores além do doce.

Veja receitas com cenoura aqui.

Fontes:

Sotiris Stasinos, Constantina Nasopoulou, Constantina Tsikrika, and Ioannis Zabetakis. The Bioaccumulation and Physiological Effects of Heavy Metals in Carrots, Onions, and Potatoes and Dietary Implications for Cr and Ni: A Review. Journal of Food Science. Vol. 79, Nr. 5, 2014

Stasinos S, Nasopoulou C, Tsikrika C, Zabetakis I. The bioaccumulation and physiological effects of heavy metals in carrots, onions, and potatoes and dietary implications for Cr and Ni: a review. J Food Sci. 2014 May;79(5):R765-80. doi: 10.1111/1750-3841.12433. Epub 2014 Apr 15. PMID: 24735421.

AAAAI – Oral Allergy Syndrome (OAS) or Fruit Pollen Syndrome

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

%d bloggers like this: