fbpx

O espargo pode ser oferecido ao bebé desde o início da introdução alimentar, a partir dos 6 meses, mas pode representar risco de engasgamento por isso continue a ler para saber como oferecer. 

O espargo é fonte de excelente de vários nutrientes, especialmente vitamina B9 (folato), um nutriente normalmente em falta na alimentação dos bebés, vitamina A, C e K. Além disso, são uma boa fonte de fibras, nomeadamente fibras insolúveis, que promovem o bom duncionamento dos intestinos. Os espargos, como outros vegetais verdes, são também ricos em anti-oxidantes.

Curiosidade: Comer espargos pode deixar a urina com um cheiro estranho. Quando os espargos são digeridos, o ácido asparagúsico é decomposto em subprodutos contendo enxofre. Os subprodutos de enxofre evaporam quase imediatamente depois da pessoa urinar,causando um cheiro desagradável.

A partir de que idade pode oferecer espargos ao bebé?

O espargo pode ser oferecido a partir dos 6 meses. Certifique-se sempre que o seu bebé tem os sinais de prontidão antes de iniciar a introdução da alimentação complementar.

Pode causar alergia?

A alergia ao espargo é rara. No entanto, em teoria, qualquer alimento pode causar alergia.

Representa risco de engasgo?

Sim, o espargo é rijo e tem formato cilíndrico e por isso representa risco, especialmente se for cortado na horizontal. Além disso, muitos são fibrosos por isso prefira sempre oferecer espargos macios. 

Como oferecer espargo ao bebé?

Baby-led weaning (BLW)

6 a 8 meses: 

A melhor formar de oferecer o espargo é cozinhado – cozido em água, a vapor ou assado – e inteiro. Nesta fase é difícil o bebé cortar pedaços do espargo e o mais provável é o bebé conseguir amassar o espargo modificando até o seu formato cilíndrico e reduzindo o risco.

Se não se sentir confortável, pode oferecer apenas a ponta de cima e esmagar ligeiramente a base para tirar o formato do espargo.

Espargo inteiro cozido em água

Outra forma de introduzir o espargo em BLW é cozer até ficar macio, picar com um garfo e fica e misturar a outro alimento. Alguns exemplos:

  • Na omelete
  • Na papa de aveia
  • No puré de batata

+9 meses ou após adquirir a pinça fina: 

Nesta fase corte sempre o espargo na vertical e depois corte em pedaços pequenos para o bebé agarrar com a ponta dos dedos. O espargo cortado na horizontal representa risco de engasgamento. Pode oferecer assim ou misturar os pedaços picados a outra comida, como ovos mexidos.

Introdução convencional

6 a 8 meses: 

Coza o espargo e triture com um puré de abóbora ou batata. Pode também misturá-lo a uma papa de cereais como quinoa, aveia.

Se oferecer sopa, pode sempre fazer sopa de espargos.

+9 meses ou após adquirir a pinça fina: 

Nesta fase, caso ainda não o tenha feito, é importante introduzir textura à alimentação do bebé. Pode começar a picar os espargos em vez de triturar – corta ao meio na vertical e depois corte cada metade em pedaços pequenos – e pode oferecer assim ou misturado a algum puré ou papa de cereais.

Depois dos 12 meses

Continue a cozer os espargo e continue a oferecer em pedaços ou inteiro para o bebé, agora mais velho, aprender a morder e mastigar. Se o fizer, tenha apenas cuidado com espargos mais fibrosos.

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

%d bloggers like this: