fbpx
croquetes-brocolos

Croquetes de brócolos e batata doce

Porquê esta receita é tão boa

Eu adoro tudo o que seja “finger food”. Salgadinhos, panquecas, croquetes, pataniscas, mini hambúrgueres e todas as suas variações são opções incríveis por várias razões:

  • São ótimas opções para a mão pequena do bebé quando ele está a começar a introdução da alimentação complementar.
  • São uma forma de dar vegetais às crianças – alô mães de crianças selectivas e chatas para comer!
  • São facilmente congelados e por isso dão muito jeito para jantares durante a semana.
  • São versáteis e muito fáceis de fazer e adaptar aos vegetais que temos no frigorífico.

Esta receita surgiu de um puré que fiz para a minha filha durante uma fase mais selectiva em que não comia brócolos inteiros. Mas ela odiou o puré. E eu não tinha mais nenhum vegetal verde escuro em casa e então transformei o puré nestes croquetes e desde então faço-os muitas vezes vezes cá em casa.

Benefícios para a saúde

Estes croquetes são cheios de nutrientes, proteína e hidratos de carbono de baixa carga glicêmica, tornando-os num alimento completo. 

Os brócolos, da família da couve-flor, couve de bruxelas, couve e kale, são uma excelente fonte de fibras e são ricos em uma quantidade grande de nutrientes incluindo, vitamina A, vitamina C, vitamina K, vitamina B9 (ácido fólico), magnésio e potássio.  Uma chávena com 100g de brócolos, contém 89 miligramas de vitamina C (em crianças entre 1 a 3 anos a dose diária recomendada é de 15 mg). Os brócolos possuem também possui mais proteína do que a maior parte dos outros vegetais.

A batata doce, além de deliciosa, é rica em fibras e vitaminas e minerais, incluindo fibra, vitamina C, potássio, vitamina B3, B5 e B6, manganês, magnésio e cobre. São ainda ricas em beta-caroteno, um antioxidante que é convertido em vitamina A pelo corpo.

A linhaça é rica em muitas vitaminas e minerais, mas os maiores benefícios estão relacionados com a quantidade de fibras (1 colher de sopa tem 3 gramas de fibras, que correspondem a 8 a 12% da quantidade diária necessária), proteínas e ômega-3, que ajudam a reduzir o mau colesterol. São uma ótima adição à dieta de todas as crianças ou adultos, mas especialmente as crianças vegetarianas ou vegan ou com tendência a ter obstipação. 

Quem pode consumir?

Bebés a partir dos 12 meses ou, excluindo o queijo, a partir dos 9 meses . São uma ótima opção para crianças que estejam em fase de selectividade alimentar, sejam mais chatas para comer ou não gostem de vegetais.

Receita

Rende 12 croquetes

Ingredientes

(para mais croquetes só é preciso duplicar os ingredientes)

1 cebola pequena

100 g de brócolos (frescos ou congelados)

1 batata doce média (aproximadamente 150 gramas com casca)

1 ovo de linhaça

2 colheres de sopa de azeite

3 a 4 colheres de sopa de mozarela ralada

2 colheres de sopa de pão ralado

2 colheres de sopa de farelo de aveia 

1 colher de sopa de farinha de amêndoa

¼ chávena de farinha de linhaça

½ colher de chá de cúrcuma

Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

Pré-aquecer o forno a 180 graus.

Fazer o ovo de linhaça e deixar repousar durante pelo menos 20 minutos.

Picar a cebola grosseiramente. Refogar com um fio de azeite numa panela até ficar dourada.

Juntar os brócolos picados e a batata doce cortada. Refogar por mais 5 minutos.

Adicionar água, sal e cozer durante 15 minutos ou até a batata e os brócolos estarem macio.

Coar e deixar arrefecer.

Num robot de cozinha, triturar a mistura com o ovo de linhaça, azeite e cúrcuma até virar um puré.

Passar a mistura para um recipiente e misturar com o pão ralado, farelo de aveia e farinha de amêndoa e queijo.

Adicionar a farinha de linhaça a um prato fundo.

Untar as mãos com óleo de coco (ou azeite) 

Retirar uma colher de sopa da mistura, enrolar em formato de croquete, passar na farinha de linhaça e pôr numa assadeira. Repetir até ter todos os croquetes.

Assar por 10 minutos de cada lado.

Substituições

Retirar o queijo para oferecer a bebés com menos de 1 ano (mas a partir dos 9 meses).

O ovo de linhaça pode ser substituído por ovo de galinha.

A farinha de amêndoa pode ser substituída por mais pão ralado.

Dicas

A massa dos croquetes é muito húmida e é suposto ser assim. Por isso é importante untar as mãos com água ou gordura para conseguirem enrolar melhor.

Pode adicionar temperos e ervas aromáticas a gosto para mais sabor e nutrientes.

O pão ralado pode ser substituído por farinha de amêndoa ou farinha de tapioca para uma versão sem glúten.

O azeite pode ser substituído por óleo de coco.

A farinha de linhaça pode ser substituída por farinha de mandioca ou pão ralado.

A batata doce pode ser substituída por batata normal, abóbora ou cenoura. Se for usar abóbora, o melhor é assá-la porque a abóbora porque retém muita água.

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

Leave a Reply

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo
Follow by Email
%d bloggers like this: