fbpx

Guia Completo das Primeiras Papas

As papas são oferecidas durante a introdução da alimentação complementar a partir dos 6 meses de idade do bebé. A introdução de alimentos sólidos pode ser feita com papas e sopas, com baby led weaning ou com uma mistura de papas e BLW, como nós fizemos cá em casa. 

Muitos pais começam por oferecer papas aos seus bebés e param de oferecê-las à medida que os bebés vão crescendo (ou seja vão substituindo as papas de fruta por pedaços macios de fruta). O que faz sentido, uma vez que é muito importante os bebés, ainda antes dos 12 meses, conhecerem as texturas dos alimentos e praticar o mastigar mesmo antes de terem dentes. Outros continuam a oferecer papas e sopas porque são uma forma ótima de incluir frutas e vegetais na alimentação dos bebés. 

Este é um guia completo de como fazer as primeiras papas do seu bebé: damos ideias de combinações de frutas e vegetais, dicas e ferramentas para fazer e armazenar as papas, como introduzir as papas e muito mais. É ideal para mães e pais que tenham bebés com seis meses ou menos e precisem de ideias para introduzir alimentos ao seu bebé.

Este guia está organizado da seguinte forma:

Papas vs Baby led weaning (BLW)

É importante que saiba que independentemente do que lhe disserem, do que ler em livros ou do que ouvir nas redes sociais, a forma correcta de alimentar o seu bebé é aquela que melhor se adapta a si e à sua família!

Oferecer papas pode ser o melhor para si, porque você tem outros filhos e voltou ao trabalho e não tem tempo. Ou porque tem medo que o bebé se engasgue com BLW ou simplesmente porque o cuidador do bebé (seja na creche ou ama) não faz BLW.

Ou talvez consiga fazer uma combinação dos dois, sendo oferecidas papas ao bebé na creche e fazendo BLW em casa. Ou até mesmo começar com papas e evoluir para BLW.

O mais importante nesta fase de introdução da alimentação complementar é que pratique a alimentação responsiva e exponha o seu bebé a alimentos variados e saudáveis, a cores, sabores e texturas diferentes.

Como fazer as papas

Comece por oferecer papas de um ingrediente para que o bebé vá se habituando aos alimentos sólidos progressivamente e vá conhecendo o sabor de cada alimento individualmente.

A não ser que tenha recomendação médica ou que sejam alimentos que possam causar alergia, não precisa esperar entre a introdução de dois alimentos. Então, nesta fase inicial pode por exemplo dar uma papa de cenoura ao almoço e uma papa de brócolos ao jantar.

Depois pode começar a introduzir variedade e fazer papas e sopas com vários ingredientes:

Vegetais e frutas

Combine vegetais e frutas (2 a 3 vegetais) nas papas e certifique-se que oferece vários tipos de vegetais: por exemplo combine alho francês com batata doce, abóbora, courgette e espinafres; e outra com cebola, batata, chuchu, cenoura e ervilhas.

Leguminosas e grãos

Feijões, grão-de-bico, lentilhas ervilhas secas e ervilhas são alimentos excelentes para adicionar à alimentação do bebé desde cedo.

É muito importante cozinhar corretamente as leguminosas para reduzir a chance de desconforto abdominal. Também é importante que não seja um dos primeiros alimentos que oferece ao bebé.

Prefira grãos saudáveis e integrais como aveia, quinoa, sarraceno, millet, arroz integral. Os grãos integrais são fonte de hidratos de carbono que são muito importantes na alimentação do bebé, especialmente quando os bebés começam a andar e gastam mais energia.

Proteína animal

Incluir proteína animal nas refeições do bebé é fundamental uma vez que a carne é a melhor fonte de ferro e o leite materno não tem ferro suficiente. Falamos sobre a importância do ferro neste artigo. Uma opção excelente para dar sabor às papas e sopas do bebé é cozer a carne de vaca, frango, de preferência com osso e depois usar esse caldo para cozer os vegetais. No final, adicione a carne sem os ossos e triture-a juntamente com os vegetais.

Se pretende oferecer uma dieta vegetariana ou vegan ao seu bebé, não o faça sem acompanhamento de um médico ou nutricionista.

Temperos e ervas

Pode, desde o primeiro dia, adicionar temperos e ervas aromáticas às papas dos bebés para dar sabor e para que o paladar do bebé se habitue a variedade de sabores. As ervas aromáticas também acrescentam nutrientes às papas e sopas do bebé. Só não pode adicionar sal ou pimenta antes dos 12 meses.

Lembre-se que o leite materno (ou fórmula) é o principal alimento do bebé até 1 ano de idade. No início, as papas não servem para alimentar o bebé, mas são importantes para:

  • Exploração sensorial: a cor, o toque, e a sensação na boca – Tudo isto tem um papel importantíssimo no desenvolvimento do bebé nesta fase. 
  • Descoberta de alimentos: Através das papas, os bebés vão conseguir descobrir o sabor de todos os alimentos. Por isso é tão importante dar papas com poucos ingredientes. Para o bebé conseguir diferenciar e definir o que gosta e não gosta.
  • Aporte de alguns nutrientes que não estão em quantidades suficientes no leite materno, como é o caso do ferro.

Por isso é bom fazer papas com poucos ingredientes e variar bastante nos ingredientes para o bebé conhecer texturas e cores diferentes (exemplo: papa de ervilhas ou papa de framboesas)

Amassar vs triturar

Saiba que se oferecer papas e sopas ao seu bebé não precisa triturá-las. Aliás, as recomendações mais atuais dos órgãos de saúde sugerem exatamente amassar os alimentos em vês de triturá-los. Amassar os alimentos cozidos com um garfo permite sempre manter alguma textura nas papas, em vez de fazê-las completamente líquidas e essa textura é importante para o bebé.

Gradualmente, vá amassando cada vez menos os alimentos: comece por ir deixando alguns pedaços pequenos por amassar (exceto leguminosas que precisam sempre ser amassadas até aos 12 meses) e vá deixando cada vez menos pedaços. Quando o bebé fizer a pinça fina já pode começar a oferecer a comida em pedaços pequenos e macios para o bebé agarrar com a ponta dos dedos.

O que é preciso ter em casa para fazer papas

A maior parte das pessoas não precisa comprar utensílios novos para fazer papas porque já os tem todos em casa. Aqui fica a lista:

  • Liquidificador / Varinha mágica / Processador (opcional)
  • Recipientes de vidro com tampa (ótima forma de reutilizar recipientes)
  • Formas de gelo
  • Panela
  • Faca
  • Descascador de vegetais
  • Espátula
  • Assadeira

Algumas pessoas compram processadores de comida de bebé. A vantagem é que como são pequenos trituram quantidades pequenas de papa, mas deixam de ter uso muito rapidamente porque é necessário evoluir a textura das papas e em menos de 3 meses o mais provável é estar a usar um esmagador de batatas, garfo ou estar a fazer a mesma sopa para o bebé e para toda a família.

Como preparar as papas

As papas de fruta podem ser oferecidas com fruta crua e triturada com a varinha mágica. Se as papas levarem vegetais, têm de ser cozinhadas em água (ou caldo de vegetais ou frango e apenas o suficiente para cobrir os vegetais). Algumas frutas como a maçã, pêra, marmelos, ou mesmo o pêssego, são mais fáceis de triturar se ligeiramente cozidas. No caso do BLW, estas frutas não podem ser oferecidas cruas.

Algumas papas precisam de ser peneiradas porque ficam com restos de casca ou sementes, como é o caso de papas de ervilhas, papas de mirtilos, papas de kiwi, goiaba, entre outras.

Para dar consistência às papas de fruta o ideal é juntar sempre banana (preferir bananas menos maduras), maçã, abacate, chia ou linhaça, aveia, quinoa ou millet. Caso contrário, algumas papas podem ficar muito líquidas, como é o caso dos frutos vermelhos, manga, papaia ou kiwi.

Como cozinhar as papas

As papas de fruta podem ser feitas com fruta crua ou cozinhada. Os vegetais podem ser cozidos em água, no vapor ou até mesmo no forno. As ervas aromáticas frescas como a salsa, coentro, manjericão, cebolinho devem ser usadas cruas e só adicionadas à papa antes de triturar.

Passo a passo:

  • Descascar e cortar os vegetais ou frutas
  • Vegetais: Cozer em água sem sal e suficiente para tapá-los ou no vapor. 
  • Frutas cozidas: cozer com pouca água, apenas 1 a 2 colheres de sopa em fogo baixo e adicionar mais água durante o cozimento se necessário.
  • Coar os vegetais, reservando um pouco da água do cozimento
  • Triturar com uma varinha mágica ou em um liquidificador com um pouco da água do cozimento. Começar com pouca água e  ir adicionando mais se necessário. Para uma cenoura média começar com 2 colheres de sopa e ir adicionando uma colher de sopa de cada vez.

Como armazenar as papas

As papas, tanto de vegetais como papas de fruta, devem ser armazenadas em frascos de vidro esterilizados no frigorífico por até dois dias. Podem também ser congeladas. Esta opção é a ideal, especialmente no início, porque os bebés comem quantidades muito pequenas e por isso fica muito difícil triturar quantidades assim. 


Para congelar as papas

  • Triturar a papa e separar papa para 2 dias num recipiente de vidro.
  • Numa forma de gelo, adicionar a restante papa.
  • Leve ao congelador por 2 horas ou até os cubos de papa estarem completamente congelado.
  • Transferir os cubos de papa para um saco de congelamento ou recipiente com tampa e com papel vegetal no fundo e deixar no congelador.
  • Congelar em cubos de gelo permite congelar e descongelar quantidades pequenas de papa reduzindo o desperdício.

DICA: Faça uma papa de um ingrediente, por exemplo cenoura. Tritura toda a cenoura. Retira uma parte para fazer uma papa só de cenoura. Depois acrescente um segundo ingrediente, por exemplo batata doce e triture novamente. Retira uma parte. Por fim adiciona um terceiro ingrediente, por exemplo brócolos e triture. Assim ficas com 3 variedades de papa diferentes e em quantidades menores.

Algumas ideias de primeiras papas:

Papa de cenoura

Papa de ervilha

Papa de batata doce

Papa de maçã (applesauce)

Papa de frutos vermelhos

Papa de batata e carne de vaca

Outras receitas de papas e combinações deliciosas:

Papa de cenoura, laranja e gengibre

Papa de abóbora, coentro e gengibre

Papa de abóbora, coco e peixe

Papa de ananás, abacate e banana

Papa de lentilhas, maçã e cenoura

Papa de beterraba, batata doce e manjericão

Papa de maçã e marmelo

Papa de maçã e ameixa

Papa de banana e abacate

Papa de banana, papaia e manga

Papa de kiwi, pera e abacate

Papa de kiwi e mirtilos

Papa de banana e morango

Papa de banana, pera e maçã

Papa de abacate, laranja e banana

Papa de manga e frutos vermelhos

Papa de frutos tropicais

Papa de batata doce, cenoura e brócolos

Papa de batata, cenoura e caldo de carne

Papa de ervilhas e hortelã

Papa de batata, brócolos e cúrcuma

Papa de iogurte e morango

Papa de aveia e banana

Papa de millet, abóbora e frango

Papa de millet e manga

Papa de millet, maçã e canela

Papa de aveia e mirtilos

Papa de aveia, coco e framboesas

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

Leave a Reply

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo
Follow by Email
%d bloggers like this: