fbpx

6 receitas fáceis de courgette

A courgette é um vegetal não pode faltar em casa. Encontra-se o ano inteiro nos supermercados e mercados biológicos, é muito saborosa, nutritiva e um dos vegetais mais versáteis que existe – pode até ser usada em bolos! Tem também um gosto relativamente neutro e costuma ser bem tolerada até por bebés e crianças mais selectivas. Pode ser oferecida logo a partir dos 6 meses, a bebés que façam a introdução da alimentação complementar com papas ou com baby led weaning (BLW).

A courgette é muito rica em vitamina A (importante para a visão e sistema imunitário), mas também tem vitamina C, manganês, potássio, magnésio e vitamina K. É também rica em anti-oxidantes e tem um grande quantidade de água e fibras (solúveis e insolúveis), ajudando a manter o sistema digestivo saudável e a evitar a obstipação dos bebés e crianças.

Deixamos aqui 6 formas de cozinhar courgette para acompanhar o segundo prato que são muito fáceis de fazer e que vão permitir incluir courgettes nas refeições e oferecê-la mais vezes ao seu bebé. Estas receitas podem ser oferecidas ao bebé a partir do momento em que ele deixar de comer só sopas e começar a comer o segundo prato (cá em casa foi a partir dos 8 meses). Para bebés pequenos, é importante cortar a courgette no prato do bebé em pedaços apropriados para a idade para não haver risco de asfixia.

Courgette cozida no vapor (para BLW a partir dos 6 meses)

Esta forma de cozinhar a courgette é ideal para a fase de introdução da alimentação complementar através de baby led weaning (BLW), em que o bebé está a conhecer e a explorar os alimentos. 

Fazia muito esta receita quando comecei a introduzir alimentos sólidos aos 6 meses. Normalmente dava uma papa à Madalena e incluía sempre algum vegetal ou fruta ao lado para ela explorar. A courgette é uma ótima opção porque fica macia depois de cozida e neste corte é muito fácil para a bebé com 6 ou 7 meses agarrar com a mão.

Modo de preparo:

Lavar a courgette e cortar em palitos da largura de um dedo. Cozer no vapor até a courgette estar macia (testar com o garfo). Pode tirar a casca se preferir (é a melhor opção caso a courgette não seja biológica).

Para bebés mais velhos e como acompanhamento, pode fazer a courgette assim no vapor e temperar com azeite e cebolinho picado. Se o bebé já faz movimento de pinça, o ideal é cortar em cubos que ele consiga agarrar com os dedos.

Marinada com cúrcuma

Esta receita é deliciosa e pode ser feita na frigideira, ou num grelhador, para um acompanhamento mais saudável de um churrasco.

Cortar a courgette em fatias longitudinais da largura de um dedo. Preparar uma mistura de azeite com cúrcuma em pó. Marinar as courgettes nesse azeite durante pelo menos 2 horas. Grelhar numa frigideira. Pode adicionar alho e pimenta (para bebés acima de 1 ano e que estejam habituados) à marinada.

Ideal para acompanhar com cuscuz marroquino.

Grelhada com mozarela

Mini “pizzas” saudáveis. Esta receita só pode ser oferecida a bebés a partir de 1 ano por causa do queijo. Cortar a courgette em rodelas com espessura de um 1 ou 2 centímetros mais ou menos. Grelhar dos dois lados. Quando estiverem grelhadas dos dois lados e ainda na frigideira, adicionar queijo mozarela por cima da courgette, tapar a frigideira e desligar. Deixar o queijo derreter e servir com manjericão picado (ou oréganos) e um fio de azeite. 

Corte da courgette para grelhar

Courgette refogada com alho 

Cortar a courgette em rodelas finas (idealmente usar uma mandolina ou processador de cozinha). Refogar alho em azeite. Quando o alho estiver bem dourado, juntar a courgette e refogar até estarem macias. Temperar com sal e pimenta.

Ideal para acompanhar carne ou arroz com lentilhas numa versão vegan.

Courgette ralada com cebola

Descobri esta versão mais tarde e sem querer, mas atualmente é a minha forma favorita de comer courgette. É perfeita para acompanhar feijão e arroz integral. 

Ralar a courgette e cortar a cebola em meias luas. Refogar a cebola em azeite. Quando estiver bem macia, adicionar a courgette ralada e cozinhar por mais 15 minutos mais ou menos. Temperar com sal, pimenta e sementes de sésamo (para os nutrientes extra) e servir. 

Courgette assada

Esta é talvez a forma mais fácil de cozinhar courgette e fica muito saborosa. Pode ser assada sozinha ou acompanhada de uma mistura de vegetais (abóbora, batata doce, cebola, pimentos).

Legumes no forno são uma forma ótima de incluir mais vegetais às refeições porque dão pouco trabalho a cortar, sujam pouco (é só necessário uma assadeira com papel vegetal) e podem se fazer vários legumes misturados e ao mesmo tempo.

Para esta receita: Cortar a courgette em rodelas da largura de um dedo ou em fatias. Adicionar a uma assadeira, temperar com azeite, cúrcuma, sal e oréganos frescos. Assar em forno pré-aquecido a 180 graus.

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

Leave a Reply

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo
Follow by Email
%d bloggers like this: