fbpx

Pastéis de bacalhau no forno

Ir para receita.

Já há algum tempo que temos vindo a reduzir frituras em casa, mas desde que a minha filha nasceu tornou-se necessário. Durante os primeiros anos de vida os bebés e desenvolver o paladar dela e é fundamental darmos opções saudáveis aos nossos filhos. Quer dizer que ela nunca come batatas fritas ou um pastel de bacalhau frito? Não, claro que não! Mas só comemos frituras na rua e de vez em quando.

É surpreendente o sabor e textura que o forno dá aos alimentos e a maior parte dos alimentos a que estamos habituados fritos, podem ser feitos no forno para alternativas muito mais saudáveis e igualmente saborosas!

Estes pastéis de bacalhau são uma adaptação da receita da minha avó, que desde que me lembro faz estes pastéis de bacalhau no Natal. Esta receita é mais saudável porque é feita no forno. Adiciono ainda chia para as fibras e nutrientes extra e a cúrcuma, que tenho o hábito de adicionar em quase todas as minhas receitas porque é um anti-inflamatório poderosíssimo e tem propriedades anti-oxidantes. 

Estes pastéis de bacalhau ficam crocantes por fora e macios por dentro e adquirem aquela cor dourada dos pastéis de bacalhau fritos. Experimente oferecer à família sem dizer que são assados!

Damos também uma receita de arroz de feijão e salada que são o acompanhamento perfeito para estes pastéis de bacalhau!

Segundo prato com: Pastéis de bacalhau no forno, arroz de feijão e salada

Congele estes pastéis para uma refeição rápida e saudável

Os pastéis de bacalhau congelam super bem e são ótimos para ter no congelador prontos para uma refeição rápida durante a semana. É só congelá-los já moldados e sem assar e depois retirá-los alguns minutos antes e assá-los.

Pode também ter o arroz de feijão pronto e congelado separadamente, mas o arroz com caldo perde um pouco a qualidade depois de congelado.

DICA: Congele o feijão sem caldo separadamente e na hora de fazer o arroz de feijão só precisa adicioná-lo ainda congelado ao arroz!

Receita

Rende 15-20 pastéis de bacalhau 

Ingredientes

Para os pastéis de bacalhau:

400g de bacalhau desfiado (3 a 4 lombos de bacalhau)

400g de batata cozida

1 cebola média

2 dentes de alho

2 ovos

1 colher de sopa de azeite

½ chávena de salsa picada

1 colher de chá de chia (opcional)

1 colher de chá de cúrcuma em pó

Sal e pimenta

Azeite para untar a assadeira

Para o arroz de feijão:

1 chávena de arroz integral

½ chávena de arroz encarnado já cozido

1 cebola pequena

1 dente de alho

1 tomate redondo

1 colher de sopa de azeite

3-4 chávenas de água

1 molho de coentros picado grosseiramente

Para a salada:

Alface

1 cenoura

6 rabanetes

4 fatias de beterraba cozida ou em pickles (ver receita)

1/2 pepino biológico

Sementes de sésamo, abóbora e girassol

2 colheres de sopa de romã

Azeite, limão, sal a gosto

Modo de preparo:

Para os pastéis de bacalhau:

Pré-aquecer o forno a 190 graus com opção de ventilador + grill.

Cozer os lombos de bacalhau em água sem sal.

Picar a cebola, alho e a salsa.

Descascar as batatas e cortar em pedaços.

Quando estiverem cozidos, retirar os lombos da água e adicionar as batatas.

Deixar o bacalhau arrefecer, retirar as espinhas com cuidado (esta parte é muito importante especialmente se for para bebés e crianças) e desfiar bem.

Coar a batata e fazer um puré com um esmagador de batatas.

Misturar o bacalhau, a batata, cebola, alho e os temperos.

Juntar os ovos batidos e misturar

Com uma colher de sopa retirar massa para um pastel e com a ajuda de outra colher formar os pastéis de bacalhau1. Repetir até ter todos os pastéis feitos.

Untar uma assadeira de forno com azeite. Adicionar os pastéis de bacalhau à assadeira com um pequeno espaço entre eles.

Assar durante 30 minutos ou até os pastéis estarem dourados. Ir virando a cada 10 minutos para garantir que todos os lados ficam dourados e crocantes.

Se for congelar:

Disponha os pastéis de bacalhau antes de assar num recipiente com tampa e congele. Pode adicionar papel vegetal por baixo. Não cole os pastéis nem os sobreponha para ser mais fácil retirá-los depois. 

Para o arroz de feijão:

Descascar o tomate e picá-lo. Picar a cebola e o alho.

Refogar a cebola e o alho picados em azeite.

Quando estiverem dourados, adicionar o tomate e refogar por mais alguns minutos até conseguir esmagar os pedaços de tomate com a parte de trás da colher.

Adicionar o arroz, misturar e refogar por dois minutos e adicionar a água a ferver.

Assim que a água levantar fervura, adicionar o feijão, temperar e reduzir o fogo para médio baixo e tampar a panela.

Cozinhar o arroz até estar macio, mais ou menos por 20 a 30 minutos. O arroz integral demolhado previamente cozinha mais rápido (15 a 20 minutos).

Adicionar mais água se necessário ao longo do cozimento. Quando o arroz estiver pronto, adicionar os coentros e deixar a panela aberta.

Se fechar a panela, o arroz vai continuar a cozer e a absorver a água. Se quiser um arroz mais seco pode fechar a panela. Este arroz é melhor servido na hora.

Para a salada:

Cortar a alface lavada com as dedos.

Laminar a cenoura, rabanete e pepino com uma mandolina.

Juntar todos os ingredientes numa saladeira, temperar a gosto.

DICA DE SUSTENTABILIDADE:

Maximize o uso do forno ao fazer várias coisas ao mesmo tempo. Ao mesmo tempo que faz estes pastéis de bacalhau pode fazer outro prato de forno para congelar, pode fazer legumes no forno para acompanhamento ou mesmo um bolo ou bolachas. Não só é mais sustentável como poupa na conta de energia. Light emoji.

Notas:

1 O movimento para formar os pastéis de bacalhau é o seguinte: Com a colher que não tem massa, retirar a massa da outra colher e fazer o mesmo com a outra colher em movimentos circulares.

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

Leave a Reply

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo
Follow by Email
%d bloggers like this: