fbpx

Tofu

Este artigo faz parte do Glossário de Alimentos de A a Z.

O tofu popularizou-se nos últimos anos pelo crescente interesse do consumidor em dietas vegetais e no veganismo. O tofu é uma das proteínas vegetais mais consumidas precisamente por vegans e vegetarianos. É feito a partir da soja e o seu processo de fabrico assemelha-se ao processo do queijo mas, em vez de leite, usa-se a bebida de soja. Apresenta-se como um bloco branco, possui uma textura muito parecida à do queijo e o seu sabor é muito versátil! 

A nível nutricional, destaca-se o seu teor proteico (por 100g fornece cerca de 8,5g de proteína1). Possuí ainda quantidades interessantes de folato, cálcio, fósforo e magnésio. Por estes motivos é um alimento muito consumido e importante para os bebés e crianças vegetarianas. 

Existe, atualmente, nos mercados uma grande diversidade de tofu: variando não só em textura (macio, firme) como também nos sabores (simples, defumado ou com temperos).  O tofu firme é o ideal para grelhar ou assar; o macio, em regra geral, fica melhor em batidos. O sabor neutro é mais versátil, mas o defumado é uma ótima opção para dar sabores mais característicos dos pratos de proteína animal (como hambúrgueres, por exemplo).

Curiosidade: depois de aberto, conserve o tofu num recipiente com água até cobri-lo totalmente, até no máximo três dias. Deve mudar a água diariamente e deve ainda estar atento ao cheiro para confirmar que o tofu não está estragado.

A partir de que idade pode oferecer: + 6 meses ou quando o bebé já tiver todos os sinais de prontidão com moderação.

Pode causar alergia: A soja, principal componente do tofu, é um alergénio comum. Vale lembrar que, ocasionalmente, os alérgicos a amendoim também podem apresentar sintomas e reações com outras leguminosas como a soja, ervilha, grão e feijão ou vice-versa. No entanto, não é algo muito frequente. Na verdade, maioria dos doentes alérgicos à soja tolera as restantes leguminosas sendo difícil estabelecer uma regra para todo e qualquer bebé. Estes são apenas aspetos que poderá ter em conta aquando da introdução do tofu mas que não deverão, de qualquer forma, demovê-lo de o fazer. Se quiser saber mais sobre a introdução de alimentos frequentemente associados a reações alérgica, consulte este post.

Representa risco de engasgo: Apresenta baixo risco. É um alimento macio mas atenção que se confecionado em excesso pode ficar com uma textura mais “borrachenta”. Teste o alimento antes de oferecê-lo ao bebé.

Veja mais sobre os cortes e texturas dos alimentos neste artigo.

Como oferecer o tofu

Existe a conceção errada de que o tofu é um alimento exclusivo dos padrões alimentares vegetarianos. O tofu, na verdade, é uma excelente maneira de variar proteínas e até mesmo uma opção para a família reduzir o consumo de carne. Tem uma combinação de sabor e textura bastante peculiar

Um passo importante, mas não obrigatório, é marinar o tofu. O tofu tem sabor neutro e funciona como uma esponja, então a marinada permite melhorar o sabor e transformar o tofu. Pode adicionar temperos e especiarias de acordo com o sabor que pretende obter, uma vez que o tofu irá “absorver” estes sabores. Veja uma receita de marinada aqui (mas lembre-se que molho de soja tem muito sal e deve ser evitado antes dos 2 anos.

BLW:

Inicialmente, corte o tofu em tiras finas e da largura de um a dois dedos de um adulto. Pode oferecer cru ou pode grelhar ligeiramente o tofu.

Também pode ser incluído em bolinhos e hambúrgueres e assim variar a alimentação. São várias as técnicas de confeção que podem ser aplicadas: grelhar, assar, saltear, fritar. E as marinadas (ainda que opcionais) são excelentes maneiras de ir variando os sabores!

Quando o bebé fizer a pinça fina, pode começar a cortar o tofu em pedaços pequenos para o bebé agarrar com a ponta dos dedos.

Outra opções para oferecer tofu:

Existem várias receitas já publicadas no blog que são ótimas opções para toda a família. Veja algumas opções aqui.

Introdução convencional: 

O tofu pode ser incluído nas sopas. Só preciso adicioná-lo próximo do final e processar tudo junto. Outra opção é esfarelar o tofu, amassar com um garfo e grelhar ligeiramente com ou sem temperos. Depois oferecer juntamente com outros purés. Algumas sugestões:

  • Tofu com puré de batata-doce e puré de brócolos
  • Tofu com puré de lentilhas e puré de batata com couve
  • Tofu com molho de tomate, massa e puré de courgette com espinafres

Como o tofu tem gosto neutro, pode sempre usá-lo nas papas de fruta. Só precisa tritura-lo juntamente com a fruta. Quando o bebé já estiver mais próximo dos dois anos, pode incluir o tofu em smoothies e batidos. Pode juntar com a fruta e, com uma varinha mágica, misturar.

Veja receitas com tofu aqui.

Sobre os efeitos da soja na saúde

A soja e os alimentos à base de soja contêm uma variedade de componentes bioativos, incluindo saponinas, inibidores de protease, ácido fítico e isoflavonas. As saponinas, inibidores de protease, ácido fítico são anti-nutrientes e como tal podem diminuir a biodisponibilidade de nutrientes.

As isoflavonas pertencem a uma classe de compostos geralmente conhecidos como fitoestrogênios, compostos de plantas que possuem estruturas semelhantes ao estrogênio. E é aqui que há mais controvérsias associadas à soja e produtos à base de soja. Para um artigo muito completo sobre este tema aconselho muito a ver este artigo da ovegetariano.pt.

Escrito por:
Raquel Gomes, estudante de nutrição na Universidade do Porto e autora da página de Instagram Sem Papas e Bolos. Divide o tempo livre entre redação de artigos, criação de posts informativos e formações na área da nutrição. Adora ciência e comunicá-la é uma das suas paixões.

Fontes:

INSA

O Vegetariano – Evidências, mitos e controvérsias

Julia Barret. 2006. The Science of Soy: What Do We Really Know?

Aviso

O conteúdo oferecido no blog comidadebebe.pt é puramente para fins informativos. O comidadebebe.pt não se dedica a fornecer aconselhamento profissional, seja médico ou outro, para usuários individuais ou para os seus filhos ou famílias. Nenhum conteúdo deste site, independentemente da data, deve ser usado como um substituto do conselho de um médico ou profissional de saúde, nutricionista ou especialista em alimentação e alimentação pediátrica. Ao acessar o conteúdo em comidadebebe.pt, reconhece e concorda que aceita a responsabilidade pela saúde e bem-estar de seu filho ou familiar. Em troca de fornecer-lhe uma série de informações sobre alimentação e nutrição infantil, introdução da alimentação complementar e receitas, você renuncia a quaisquer reclamações que você ou seu filho possam ter como resultado da utilização do conteúdo que está no comidadebebe.pt.

Leave a Reply

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo
Follow by Email
%d bloggers like this: